As pegadinhas da publicidade

O mundo da publicidade é cheio de ações e pensamentos mirabolantes, que concorrem a Leões de Cannes, prêmios publicitários entre muitos outros. Confessamos que, por trás de grandes ações existem diversas pegadinhas que no fim acabam impactando a marca.

Como passamos grande parte do tempo conectados na internet é fácil ter acesso as notícias que pipocam na linha do tempo e logo podemos compartilhar nas redes sociais, pronto para a ação gerar buzz e a marca cair na boca do povo.

Na última quarta-feira (27), boatos de que Luan Santana viraria cantor de heavy metal chocou a internet, com vídeos do cantor tocando guitarra, entre vários memes por aí. Estranho uma pessoa com carreira estabelecida no mundo sertanejo mudar de uma hora para a outra seu estilo musical. Isso quebrou a internet com boatos e especulações.

O que todos já podem imaginar, é uma jogada de marketing (mais uma vez). Criada pela AlmapBBDO e a agência BR Media, a ação faz parte da campanha da Snickers “Como você fica quando está com fome”.

Essa é a mesma fórmula utilizada há um ano pela empresa, quando Neymar revelou que queria virar cantor.

 

Das pegadinhas na publicidade:

Em 2013 Chiquinho Scarpa promoveu um evento que fazia parte de uma ação da Leo Burnett Tailor Made, criada pela Associação Brasileira de Transplante de Órgãos (ABTO).

No mesmo ano, a atriz Alinne Rosa apareceu no Instagram com hematomas no rosto em que a campanha era “Pelo Fim da Violência Contra A Mulher”

Em junho deste ano, Claudia Leitte postou uma foto em que deixava de usar seu sobrenome “Leitte”. Contudo, isso não passava de uma ação da Eurofarma para um remédio para intolerância à lactose.

Ao compartilhar notícias na internet atente-se ao propósito da ação antes de especular e tirar conclusões precipitadas. Casos assim são comuns e não deixarão de existir, afinal, é o ganha pão dos publicitários.

Fonte: M&M

About the author: Graziela Tamanaha

Leave a Reply

Your email address will not be published.