Burger King e o marketing de guerrilha

Todos os dias no mundo da propaganda, empresas precisam criar novas estratégias para se destacarem no mercado em meio a tanta concorrência. É bastante comum ver empresas que se juntam e fazem parcerias em seus produtos. Mas o foco na matéria de hoje são empresas que fizeram o uso do marketing de guerrilha.

Sabemos que o Burger King ultimamente está realizando uma estratégia muito forte nos lançamentos de novos sabores de seus hambúrgueres e não é de hoje que ela faz isso.

Em julho desse ano, houve o lançamento de dois lanches de costela suína do Burger King, que em sua propaganda critica o tempo de espera da fila do Outback, famoso pela sua costela suína assada com molho de churrasco (barbacue). No vídeo, o BK substitui sorrateiramente pagers modificados próximos de seus clientes que aguardam pelo atendimento. O dispositivo é parecido com o que o Outback oferece e permite com que o operador converse com as pessoas à distância. E então sai uma voz conversando com os clientes, perguntando se estavam esperando a muito tempo na fila e se gostavam de costela. Em seguida, eles fazem uma oferta para experimentar o lanche em uma loja do Burger King. O Outback não se pronunciou até o momento

O mais recente de todos é do lançamento do filme It: A Coisa. O Burger King da Alemanha cutucou o McDonald’s fazendo piada com o “never trust a clown” (nunca confie em um palhaço). A mensagem era projetada logo após a exibição do filme, em um círculo com essa mensagem + a assinatura do Burger King, podendo logo saber para quem foi a mensagem.

A brincadeira deve ter gerado incômodo aos cinéfilos de plantão, pela intervenção ao final do filme, transformando o filme em motivo de piada. Essa é uma forma muito mais criativa. O Burger King da Rússia emitiu uma queixa formal pedindo que o filme “It” fosse banido dos cinemas locais, alegando que o palhaço Pennywise se parece com Ronald McDonald’s, portanto serviria como propaganda ao McDonald’s.

Dentro do mundo da publicidade vimos que exige que as pessoas tenham novas ideias todos os dias para sobreviver em um mercado cheio de concorrência. Marketing de guerrilha é muito utilizado, tendo que ser muito bem pensado para explorar para fazer com que a estratégia dê certo.

Fontes:
B9
Veja

 

About the author: Graziela Tamanaha

Leave a Reply

Your email address will not be published.